Gabriel Nunes te convida para um café acompanhado de calmaria e simplicidade. O sotaque da terra vem aliado ao riso que combina com o olhar. É uma força que coloca o coração na terra e mostra todo o orgulho da produção do café especial brasileiro, na região do Cerrado mineiro. 

Em 2017, quando o nome de Gabriel Nunes foi entoado como campeão do Cup of Excellence, a sensação foi a de dever cumprido. “Em 2017, quando ganhamos o Cup, quebramos todos os recordes; e o nosso café foi, até então, o de valor mais caro do concurso já vendido no mundo. Foi muito gratificante saber que estamos trabalhando da forma certa”, pontua.

Na faculdade de Agronomia, a teoria indicou o rumo da caminhada. E quando voltou para a casa, o pai, Osmar Júnior, não pensou duas vezes em abrir a porteira e deixar o filho passar. “Meu pai me apoiou muito; e conseguimos unir a prática com a teoria, para fazer um trabalho contínuo”, conta. Aí está um trabalho bonito demais, de resultado em forma de um café gostoso que enche a boca e aquieta o coração. Tudo como um abraço de aconchego, que vem como resultado da caminhada de uma família simples no trato e de sorriso fácil.

Esses são os conceitos de gente que pensa especial e acredita que café especial é aquele produzido com atitude, respeito e muito carinho. “Café especial é aquele que vem rodeado de pessoas cheias de orgulho e carinho, que se inicia desde o plantio do primeiro pé de café, que passa pela colheita e fecha bem o ciclo com a checagem de cada grão”, ressalta Gabrielzinho emocionado e com um inspirador brilho nos olhos.